18 de dez de 2014

Manchester United


Salve galera! Dois posts na mesma semana ultimamente é um milagre! Depois de irmos visitar a gelada Noruega rumamos para o sudoeste em direção ao Reino Unido, mais precisamente na cidade de Manchester, onde o tema hoje é o lado vermelho da cidade.

O uniforme titular teve como inspiração alguns uniformes históricos: O uniforme de 1902, que tinha uma camisa de botões vermelha com gola pólo branca, foi o primeiro uniforme do Manchester United depois da extinção do Newton Heath, primeiro nome do clube. A inserção da gola pólo saiu desse uniforme. A segunda inspiração veio do uniforme de 1945, também uma camisa de gola pólo branca, só que sem botões e com detalhes em branco na abertura. Neste ano iniciou-se a era Bubsy, treinador escocês que liderou a primeira sequência vitoriosa da história do clube. A abertura abaixo da gola faz menção à essa camisa.


O uniforme reserva é uma referência ao Newton Heath, primeiro nome do clube. O uniforme do clube era verde e amarelo, ora alternando entre camisas meio-a-meio, listradas ou totalmente verde com gola amarela. A gola desta camisa é inspirada no uniforme de 1892, que tinha esse exato formato, apenas substituindo os botões por cadarços e invertendo as cores. O amarelo está em destaque pois é uma cor mais familiar para o Manchester United do que o verde em seus uniformes alternativos. 


Já o terceiro uniforme não tem nenhuma referência a antigos uniformes. Estreamos aqui uma combinação de cores inédita em camisas de jogo do Manchester United: Verde água e amarelo fluorescente. Apesar de não fazer nenhuma referência histórica, a combinação une as três primeiras cores do clube: verde, azul (a mistura dessas cores resulta nesse tom de verde) e amarelo.


17 de dez de 2014

Seleção Norueguesa de Futebol


Fala galera, estamos de volta (ou quase)! Dessa vez é mais um desafio da Federação de Mockups, com um tema que tem amplo leque de opções e ideias. Como curiosidade, a seleção norueguesa é uma das poucas no mundo que nunca perderam pra seleção brasileira: foram 4 partidas, duas vitórias da seleção norueguesa (uma delas na Copa do Mundo de 98) e dois empates em 1x1.

A camisa titular traz como tema os vikings, que habitavam a região escandinava. As faixas na manga são uma referência à bandeira da Noruega. No peito há uma faixa em marca d'água com uma arte viking, assim como outra marca d'água acima do escudo, só que essa é reflexiva. Na parte de trás, na altura da nuca, há mais uma representação viking aliada à bandeira do país.


A camisa alternativa é uma referência ao clima do país. Durante o verão, graças ao ar quente e a Corrente do Golfo, a temperatura fica na casa dos 25ºC. Já no inverno, a maior parte da Noruega se transforma em um paraíso coberto de neve, chegando à casa de -40ºC. Na camisa, essa variação de temperatura é representada por uma arte que imita uma calota de gelo sobre o oceano. A parte congelada é trincada e há várias calotas de gelo sobre a parte que representa o oceano, demonstrando a mudança de temperatura durante as estações do país.